• Paraíso17

Rose acerta detalhes para instalação do CB em Nova Alvorada do Sul

*Da Redação / Imagens: Leka
11/01/2017 19h00
Arlei e Rose (ao centro) com assessores do Governo do Estado e da Prefeitura de Nova Alvora do Sul / Imagens: Leka

Distante a 107 quilômetros de Campo Grande, o município de Nova Alvorada do Sul ganhará uma unidade do Corpo de Bombeiros no primeiro semestre deste ano. A instalação da base militar vai beneficiar uma população de aproximadamente 20 mil habitantes, conforme estimativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

 

Nesta quarta-feira (11), a governadora em exercício de Mato Grosso do Sul, Rose Modesto, o prefeito de Nova Alvorada do Sul, Arlei Barbosa, e o subcomandante do Corpo de Bombeiros, coronel Joilson Alves do Amaral, se reuniram na governadoria para tratar da instalação da unidade da Corporação.  “Uma parceria entre o Estado e o município para tornar realidade esse atendimento”, falou Rose. Segundo ela, o projeto está quase pronto e a unidade deve iniciar as atividades nos próximos meses.

 

“Mais do que nunca, esse tipo de parceria é fundamental para atendermos as necessidades da população”, comentou Rose.

 

Seção Comunitária de Bombeiros

A base militar será instalada em Nova Alvorada do Sul por meio do projeto Seção Comunitária de Bombeiros, “parceria entre o Governo do Estado, por meio da Corpo de Bombeiros, e a prefeitura”, explicou o coronel Joilson. Nesse contexto, a prefeitura disponibiliza a estrutura física do quartel e a Corporação fornece os militares e equipamentos para atendimento.

 

Atualmente, Nova Alvorada do Sul é atendida pela unidade do Corpo de Bombeiros de Campo Grande. “Com uma base na cidade o tempo de resposta nas ocorrências será bem menor, em menos de uma hora”, pontuou o subcomandante. A expectativa é que a cidade tenha nove militares e três viaturas para socorro à população, uma ambulância, um caminhão autobomba  e uma unidade de salvamento.

 

“Esse Corpo de Bombeiros em Nova Alvorada do Sul será de extrema importância devido a quantidade de acidentes registrados nas BRs 163 e 262”, afirmou o prefeito Arlei. *Subcom




  • subway41

VEJA MAIS