• Paraíso17

Em dois dias de blitzes, PM notifica veículos e condutores irregulares em Nova Andradina

Ações no trânsito estão desde a semana passada em vários pontos da cidade
Da Redação / Imagens: Jornal da Nova
15/08/2018 08h00
Ação foi realizada na rua Milton Modesto, centro de Nova Andradina / Imagens: Jornal da Nova

A Polícia Militar de Trânsito de Nova Andradina realizou, em dois dias, segunda e terça-feira (13 e 14), 19 autos de infração de trânsito. As operações de trânsito têm como objetivo principal prevenir e reprimir atos relacionados à segurança pública.

 

Foram abordados aproximadamente mais de 100 veículos e pessoas, bem como checadas as documentações de porte obrigatório CNH (Carteira Nacional de Habilitação) e CRLV (Certificado de Registro Licenciamento de Veículos).

 

Os condutores foram notificados pela falta do uso do cinto de segurança, assim como por irregularidades nas documentações de porte obrigatório e carteira de habilitação.

 

Conforme dados que o Jornal da Nova teve acesso, foram 9 autos de infração na segunda-feira (13), sendo três deles sem habilitação.

 

Já nesta terça-feira (14), foram 10 autuados, sendo cinco sem cinto de segurança, um sem habilitação, uma autuação por criança não estar sendo transportada na cadeirinha, um por não estar com documentação do veículo em dia e dois por não estar portando documento de obrigatório. Ainda nesta terça, uma motocicleta irregular foi apreendida e encaminhada ao pátio do Detran (Departamento Estadual de Trânsito).

1º tenente Marcos Bezerra - Foto: Jornal da Nova

Segundo o 1º tenente Marcos Bezerra, a Polícia Militar tem buscado intensificar as ações preventivas, contando sempre com o apoio dos cidadãos, para aumentar a sensação de segurança em toda a cidade. “O objetivo é prevenir acidentes e prezar pela incolumidade física de motoristas, ciclistas e pedestres”, avalia o policial.

 

Lei seca

A Polícia Militar vai realizar em Nova Andradina blitzes da Lei Seca, com o objetivo de coibir a mistura de álcool e direção, por meio da fiscalização de motoristas suspeitos de dirigir sob o efeito de álcool, de forma a garantir o cumprimento das normas relacionadas à segurança viária, a fim de evitar acidentes e preservar vidas no trânsito.

 

As operações ocorrerão em vários pontos da cidade, principalmente onde ocorre maior concentração de pessoas.

 

“Nas abordagens as pessoas serão convidadas a realizar o teste do etilômetro, popularmente conhecido como “bafômetro”, tirando as suas dúvidas em relação à fiscalização e as consequências pelo não cumprimento da legislação”, frisa o 1º tenente Marcos. 






VEJA MAIS