• Paraíso17

Infrator é autuado por exploração de madeira em reserva legal de aldeia indígena

Da Redação / Imagens: PMA/Divulgação
09/11/2018 17h00
A pena para cada crime é de seis meses a um ano de detenção / Imagens: PMA/Divulgação

Policiais Militares Ambientais de Dourados realizaram fiscalização na quinta-feira (8) no município e autuaram um infrator de 43 anos, por exploração de madeira na reserva legal da aldeia indígena Jaguapiru. O homem, residente em Dourados, foi surpreendido em flagrante, quando extraía ilegalmente madeira da área protegida de reserva legal, com uma motosserra que também não tinha LPU (Licença de Porte e Uso).

 

A madeira explorada, que foi transformada em pranchas e a motosserra foram apreendidas. Várias pranchas foram apreendidas também na residência do autuado.

 

O infrator foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil de Dourados e responderá por crimes ambientais de uso ilegal de motosserra e exploração de madeira.

 

O infrator também foi multado administrativamente em R$ 6,3 mil pelas infrações ambientais.






VEJA MAIS